A unidade de desmineralização é um equipamento projetado para fornecer água pura, a qual é medida através da condutividade elétrica provocada pela presença de íons inorgânicos (cátions e ânions), que são prejudiciais a alguns processos industriais, necessitando-se, assim, fazer sua remoção. Para isto, basta colocar a água em contato com as resinas trocadoras de íons, que têm a capacidade de removê-los.É fornecida a resina catiônica, para remoção de cátions (íons Ca++, Mg++ e Na+); e a aniônica para os ânions (íons HCO3, SiO2, CO2, Cl e SO4). Ambas têm capacidade de troca limitada. Quando chegam ao seu limite de retenção, precisam ser regeneradas, utilizando uma solução de HCl em água (ácido clorídrico) e NaOH em água (soda cáustica), para a catiônica e aniônica, respectivamente, eliminando assim as impurezas retidas pelo dreno do equipamento. 

Sistema Desmineralizador de Água

1 – Bomba de alimentação

2 – Tubulação de operação (verde)

3 – Tubulação de drenagem (marrom)

4 – Tubulação de dosagem de reagente da regeneração (azul)

5 – Válvulas de manobra

6 – Bomba dosadora de reagente de regeneração

7 – Rotâmetro

8 – Condutivímetro

9 – Manômetro

10 – Coluna de carvão ativo

11 – Coluna catiônica

12 – Coluna aniônica

13 – Saída de água desmineralizada

14 – Boca de inspeção superior

15 – Boca de inspeção inferior

16 – Boca de inspeção intermediária

© Copyright 2018 Desenvolvido por Ther Sistemas